Imagem

Facebook News – Novidades no Engajamento

Novidades no engajamento do facebok

 

Olá Xoxos.

Vocês podem até não perceber, mas o Facebook vem sofrendo várias alterações em sua plataforma. Essas alterações interferem diretamente no comportamento de nossas publicações e é preciso que nós, criadores de conteúdos, estejamos sempre afiados em busca do alcance perfeito.

Mas calma! Antes de abrir a boca por aí dizendo isso e aquilo é necessário saber que as informações que relatamos nesse post são oficiosas, ou seja, não foram auditadas pelo Facebook e são baseadas nos resultados de testes de vários profissionais espalhados em nosso país e também por relatos de usuários em nossa página.

Portanto, algumas dessas informações podem não fazer o menor sentido, mas devemos ter olhar clínico e saber interpretar da melhor forma, ok?

Vamos lá então…

A primeira é sobre a regra dos 20% de texto para post patrocinado.
De acordo com o RafaLutinski, basta o texto da postagem ter uma inclinação, que o algorítimo do Facebook não consegue reconhecer a regra:

Sobre o alcance orgânico.

Muito se fala que o alcance orgânico do Facebook é um elefante branco.
Quanto mais se procura menos se acha e que esse negócio só se encontra em páginas de humor ou de artistas. Bom, de fato sabemos que quanto mais relevante o conteúdo for, mais engajamento ele terá. Todavia, conhecer a plataforma é um diferencial para o produtor de conteúdo.

O uso constante da plataforma fazendo teste A/B e analisando os resultados, faz com que tenhamos uma visão melhorada do desempenho de nossos posts. Por exemplo:

Quando usamos imagens cruas, sem edição e que retratem o dia-a-dia, tendem a ter uma entrega maior em relação as demais postagens do Facebook.

O Facebook, em sua filosofia, diz que o usuário não precisa sair de sua plataforma para consumir conteúdo. Logo, o usuário que produz conteúdo também não precisa sair. Com isso, o uso da programação de posts utilizando a própria plataforma tem um resultado bem mais satisfatório que o uso de plataformas externas.

Quando o conteúdo é postado no Instagram e replicado para o Facebook, o alcance tende a cair vertiginosamente. Não temos uma explicação técnica para aplicar a esse caso, mas acreditamos que cada rede social tem sua peculiaridade em relação a público e conteúdo e essas vertentes devem ser consideradas importantes, fazendo assim que cada rede tenha seu conteúdo personalizado.

Considerando alcance orgânico e também Facebok ADS:

Vamos à analogia:

Quando alguém faz uma compra, recebe o produto ou serviço e não efetua o pagamento relativo à compra, essa pessoa passa a fazer parte de uma lista de negativados pelos órgãos SPC, Serasa entre outros.

No Facebook não é diferente:

Quando algo acontece com o relacionamento entre pages e seguidores, o Facebook coloca sua page numa espécie de lista de negativados, onde a penalidade é a baixa entrega de seu conteúdo. Vamos ao exemplo:

– Quando seu conteúdo não tá legal e o seguidor oculta sua publicação, sua page é pontuada negativamente e rankeada de forma a entregar menos, implicando diretamente no alcance das próximas postagens. Logo, de acordo com conversas aleatórias podemos dizer que:

– Usuários ocultarem sua publicação – nível baixo
– Usuários ocultarem todas as suas publicações – nível médio
– Usuário denunciar seu post como SPAM – nível alto
– Usuário descurtir sua page ou remover amizade – nível extremo

Há quem diga que essas ações em sua page pode diminuir em até 100 vezes o seu alcance, envolvimento e resultados na plataforma. 😱😱😱

Vale a pena a leitura desse texto do Luciano Larrossa

” A forma como o Facebook seleciona o conteúdo que vemos é um grande mistério. Sabemos que ele seleciona aquilo que vemos com base em interações, há quanto tempo algo foi publicado ou comentários de amigos. Mas não sabemos muito mais do que isso. Porém, Adam Mosseri, funcionário do Facebook, fez algumas revelações importantes sobre como o algoritmo do News Feed funciona e, principalmente, qual a ordem de análise que ele segue.
Segundo Mosseri, quando o usuário entra no seu News Feed, o Facebook analisa todo o conteúdo de amigos e páginas. Ele chama a essa fase de “Inventory“.
Depois, ele passa para a segunda fase, que ele chama de “Signals“.
Eles avaliam vários detalhes tais como:
– Quem postou?
– Qual o dispositivo que o usuário está usando?
– Há quanto tempo publicou?
– Frequência de posts desse usuário?
– Engajamento que esse mesmo post já tem?
– Comentários negativos recebidos anteriormente por esse autor?
– Se o post tem comentários de amigos ou não?
– Se for um perfil, se ele tem muita informação ou não?
– O formato do conteúdo?
– Média de tempo que os usuários passam lendo aquele post?
Enfim, são analisados centenas de dados. Depois, ele define uma avaliação para esse mesmo conteúdo com base nos dados fornecidos. A esta fase ele chama de “Predictions“.
Após isso, ele coloca o conteúdo por ordem de interesse. O conteúdo com uma avaliação mais elevada aparece primeiro, depois o segundo com maior avaliação e por ai vai. Esta última fase é chamada de “score“.
O que podemos aprender com isso?
Que temos que pensar muito bem no nosso conteúdo se queremos realmente ter sucesso com conteúdo orgânico. A base de tudo é interação. Se temos interação nos posts, alcançaremos mais pessoas. Lembre-se: as pessoas não entram nas redes sociais para verem anúncios. Elas entram para relaxarem, receberem informação e divertirem-se. Resta saber como, no meio de tudo isto, a sua marca pode destacar-se. É a velha história: entretenha, eduque ou informe. Esta é a base para os seus posts.”

Bom, é isso!!!

Gostou? Deixa seu comentário 🙂

Se por um acaso, você for falar sobre nós, usa a hashtag #smnaveia

Faça parte de Nosso Grupo no Whatsapp

Faça parte de Nosso Grupo no Facebook

Não esquece de nos seguir nas redes sociais 🙂

Facebook | Twitter |  Instagram |  Youtube

#beijodoxoxo